INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quinta-feira, 26 de junho de 2014

É o fim deste Blog

Andei às voltas e às voltas com este texto, para deixar bem dito o que segue, mas não encontro outra forma senão a minha habitual, pão pão, queijo queijo.
Pois que este blog, tal como o conhecem, vai acabar.
As Maravilhas da Maternidade sempre foi, para mim, um blog em parte visto como uma espécie de magazine de lifestyle e tendências, em que o narrador, eu, era muito participante. A par das novidades e tendências que gostava de encontrar e partilhar, também partilhei muitos episódios da minha vida de mãe e mulherrrrrr. 
Mas, agora sinto que é hora de dar o salto. Os 10.000 iminentes no FB deram o mote. A maioridade das Maravilhas seria o kickstart para essa visão que já tinha desde o início e que vi que se podia concretizar agora. AGORA.
Então, criei efectivamente um magazine online de tendências e lifestyle, pensado para responder às necessidades e curiosidades da mulher urbana, trendy e cosmopolita que se tornou mãe, o que a mudou para sempre, mas não transformou a sua essência.
Eu, Mãe traz as novidades e tendências que interessam a essas mulheres mães, com um design minimalista e uma linguagem informal e muito visual.


O site ainda é um bebé, não façam caso, que é pequenino. Ainda tem de comer muito feijão com arroz, criar muita substância, encher-se de conteúdo de qualidade, original, diferenciado. Mas vai crescer. As fundações são fortes, o esqueleto é do melhor que pode haver e a vontade de criar o conteúdo que eu gostaria de ler vai ser um esforço conjunto, que hoje dá os seus primeiros passos em público.
A partir de hoje vemo-nos AQUI:



Em crochet, com ❤️

Recebi de surpresa um mimo muito querido da Susana, que recentemente criou a partir do seu hobby algumas criações para quem gosta de trabalhos em crochet, a Maçã Pipoca
Conjuguei estas flores brancas com riscas náuticas, muito frescas e estivais. 
Susana, obrigada e desejos de maior sucesso!

Fotografia Joana Bento

Aqui ficam mais algumas ideias giras giras de trabalhos originais que se podem fazer em crocite, encontradas pelo Pinterest:









quarta-feira, 25 de junho de 2014

Entrevista com Joana Bento Glamour Photography

A querida Joana entrevistou esta mãe que vos escreve, para o seu site. Obrigada Joana pelas perguntas giras e espero que algumas se concretizem!!

Para ler a entrevista, vejam aqui. 

E já aproveitaram o voucher em parceria com As Maravilhas? Basta contactar a Joana Bento Glamour Photography referindo que vêm daqui das Maravilhas.


terça-feira, 24 de junho de 2014

Sunday morning

É ser acordada pelos passitos do meu menino e a sua vozita marota a enfiar-se nos nossos lençóis, perguntando se "já é de dia?". Ainda tentamos dormitar mais um pouco, mas o dia e os meninos chamam por nós.

Easy like sunday morning, é tomar o pequeno-almoço com o meu menino, o dele simples, o meu colorido, enquanto os outros ainda dormem. 

Taças de cereais The Whistler, da Alma Gémea, na Lusa Mater. Individual, Zara Home.



Mais tarde, o meu diabinho da Tasmânia foi passar uma semana de férias com os avós. Hoje, a farta cabeleira já foi ao ar. Estou a morrer de saudades dele. Quanto mais crescidos os meus filhos são, mais lhes sinto a falta. Menos me pesam nos braços e mais companhia divertida nos fazem. Dizem disparates, fazem macacadas, têm ideias engraçadas e lembram-se de coisas que não lembram a ninguém. Divirto-me à brava com eles. 


segunda-feira, 23 de junho de 2014

Semana 25/52

Os meus meninos esta semana, entre arrais juninos que comemoram o final do ano escolar e muita brincadeira, muita diversão. Ontem o P foi passar uma semana com os avós e já estou a morrer de saudades...


O Miguel está super engraçado, sempre bem disposto, a dormir e comer bem, a guinchar sempre cheio de alegria e cada vez mais querido e simpático. Está um bebezão de alta categoria!


A portrait of my children, once a week, every week, for 2014.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Aveiro é Liiiiiinda!

Aqui, photoshopada à náusea fofinha, mas ainda assim, nada contra e a minha cidade é liiiiiindaaaa, só pode dar óptimos anúncios de televisão! Lá estão o Rossio, a Costa Nova, a Rua Direita, o Canal Central e tudo e tudo. E com locução italiana, perfeito!

Advertência: a realidade é menos pastel...


Uma oferta especial com Joana Bento Glamour Photography

Lembram-se desta sessão e deste resultado? Eu vou seguramente recordar para sempre, foram momentos muito especiais que lembro com carinho e dos quais ficaram registados momentos que vão ficar para sempre.

E agora, porque o vosso feedback foi tão positivo e porque queremos oferecer um miminho especial a quem quer dar-se um momento especial, a querida Joana Bento vem oferecer a todas as leitoras das Maravilhas um vale de oferta no valor de €50,00 para poder ser usufruído numa sessão fotográfica glamour, a aproveitar até final de Julho próximo.


Para usufruir do vale, basta, ao contactar a Joana Bento, referir o vale e onde o viu, na marcação da sessão. Vale mesmo a pena passar um dia assim especial, com a maquilhagem e penteado da Vanessa Neves e o aconselhamento, direcção, fotografia e arte final da Joana Bento. E no final, ver-nos assim, num best of.
Aproveitem bem!

terça-feira, 17 de junho de 2014

Usar óculos. O nosso menino e algumas dicas

Já lá vai mais de um mês. O meu menino usa óculos há mais de um mês e às vezes, quando o vejo sem os óculos postos, esqueço-me que este já não deve ser o seu rosto. Esqueço-me que ele agora tem de ter sempre os olhos emoldurados. Esqueço-me que agora tenho de estar sempre a chamar a atenção para olhar através das lentes e não sobre as lentes e que tem de estar sempre a compor os óculos mas sem sujar as lentes. Esqueço-me disso tudo e o rosto dele volta a ser o de sempre, livre, desocupado, leve, apenas passados uns minutos lembro que ele tem de ter os óculos postos e aí pesa-me um bocadinho.
Porque é claro que prefiro vê-lo sem os óculos. E ele próprio ainda não está adaptado, não só pelo trambolho sobre o nariz que agora o acompanha sempre, mas também porque há ali alterações a fazer, ajustes nas lentes, nos óculos, que vamos corrigindo com o tempo e o acompanhamento no oftalmologista. Porque o Pedro não passou a ver o mundo todo desfocado, parte dele está novamente focado, mas a outra parte, a que antes via bem, afinal está a ressentir-se mais do que seria suposto e esperávamos. Por isso ele olha por cima das lentes, tira os óculos sempre que pode, alarga-os, e esquece-se deles também.


Fotografia: Pedro Viegas 

Ele é apenas um miúdo e está em adaptação. Temos seguido algumas dicas para o ajudar a adaptar o melhor possível ao uso dos óculos:

1. Tentamos chateá-lo o mínimo possível. Sabemos que se estivermos constantemente a dizer que ele precisa usar os óculos, em breve passaria a ser uma tarefa árdua. Ele tem ainda assim de os usar, e correctamente, sempre. É um equilíbrio precário, mas não podemos ceder senão nunca mais se adapta. Assim, tentamos torná-lo divertido, em vez de explicar como eles são bons para a sua saúde (chaaaatooo! Nenhuma criança pensa assim), mostramos como nós crescidos também usamos óculos, ou que os óculos lhe trazem super poderes de visão e coisas emocionantes deste estilo.

2. Escolhemos um modelo adequado de óculos. Que nós achamos giros e que estejam bem adaptados ao rosto dele. As lentes maiores possível dificultam a visão fora da área das lentes (apesar de o Pedro contornar isso, embora com dificuldade...). Certificámo-nos de que os óculos ficavam mesmo bem encaixados no rosto (apesar de precisar de ajuste final), não muito apertados, não muito soltos. Uma vez que a cana do nariz das crianças ainda não está desenvolvida, é importante que a armação assente bem. Os óculos devem ser leves, de modo que a massa é preferível, em termos de materiais, entre o resistente e o leve.

3. Deixá-los escolher o design. O Pedro ainda não apitou desta vez, mas no futuro há-de ter uma palavra a dizer (entre dois ou três modelos "finalistas", diria eu...). De qualquer forma, há muitas opções disponíveis para as crianças nos dias de hoje, entre modelos, cores e acessórios. Se a criança escolhe o seu modelo ou cor favorita, será mais provável que goste de usá-los.

4. Usamos os óculos com um elástico, para prendê-los melhor. De momento usamos um elástico simples, com um aplique que se ajusta, mas já tenho visto uns elásticos mais largos, que me parecem mais pros, estes mais simples tendem a soltar um pouco... De qualquer forma, evita que os óculos descaiam ou caiam de todo. Quando for mais crescido, uma corrente continuará a ser útil, não para fixar, mas para o caso de cairem do rosto, continuarem pendurados no pescoço, fazendo com que ele esteja mais propenso a colocá-los de novo. E que não caiam ao chão, outra vez!

5. Somos um bom exemplo. O pai não usa, mas eu, que sou míope, ultimamente tento usar mais vezes os óculos do que as lentes de contacto. É mais chato para mim, mas ele seguir o meu exemplo e eu me dar como exemplo ajuda muito. Se eu usar os meus óculos, o meu filho vai estar mais acostumado com a ideia dele próprio usar e vai ter maior tendência a imitar-me. Se eu cuidar bem dos meus óculos, o meu filho provavelmente vai fazer o mesmo. Os avós também têm ajudado imenso com o exemplo deles!



Os óculos do Pedro - ele tem dois óculos, aproveitámos uma promoção que caiu do céu no nosso oculista e trouxemos dois pelo preço de um, muito conveniente para variar ou para quando um deles está a arranjar... - são da Benetton, que tem uma variedade imensa de modelos, cores e tamanhos. São muito divertidos e de alta qualidade, como se quer e eles gostam.

United Colors of Benetton

Já são uns óculos a sério,  flexíveis, resistentes, mas não à prova de bala. Ainda assim, e apesar de nunca ter espezinhado os pobres óculos, ele dá-lhes um tratamento bem à rapazola e eles têm resistido bravamente, apenas as lentes já estão riscadas... Mas infelizmente não prevejo longa vida para as lentes, enquanto as diopterias não estabilizarem, vamos ter muitas mudanças de lentes.

Para quem tenha filhos mais novos ou ainda bebés, ou especialmente sensíveis, irritáveis ou menos tolerantes com os óculos, a Miraflex oferece modelos super leves, super flexíveis e super adaptáveis.


Para miúdos hipster à quinta casa, a Very French Gangsters tem modelos (para ver e de sol) mega fashion, que não deixam ninguém indiferente e fazem com que até os crescidos queiram usá-los! Queiram e agora podem, recentemente a marca criou uma coleção com óculos iguais para filhos e mães e uma edição para adulto. They mean business. As campanhas deles são o máximo:


É preciso dar tempo ao tempo e o melhor é que ajudemos esse tempo a passar o mais rápida e agradavelmente possível. No fim, o importante é que o uso dos óculos cumpra a sua principal função, que é trazer de volta aos olhos dos nossos miúdos o mundo tal como ele é, com todas as suas cores e com todas as suas formas, sempre bem focados. 


AS MARAVILHAS DA MATERNIDADE

 { Facebook }  { Instagram }  { Pinterest }

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Sorteio Masc - memórias em bronze para sempre

Vamos começar a semana em beleza, com o sorteio de uma recordação para a vida para uma leitora cheia de sorte! Não sei qual dos acabamentos dos sapatinhos Masc gosto mais - bronze, bronze com verdete ou cobre. Um é mais clássico, o outro mais vibrante, ambos são interporias, literalmente!



Então, quem ganhou um sapatinho em banho de bronze ou cobre?


Pedimos à Sofia que contacte a masc através do email  masc@masc.pt

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Borrifador

Assim que eu vi o Pedro a fazer a primeira vez e o Miguel a imitar, eu devia ter travado. Eu devia ter dito logo que não se faz isso e não se ensina isso e não pode ser. Porque eu sabia no que ia dar. Mas aquele preciso momento foi o primeiro em que o Pedro brincou a sério com o irmão, se divertiu a sério e com reciprocidade. Eles riam-se tanto, tão cúmplices, tão amigos, que não fui capaz de travar, fiquei apenas a contemplar o momento, embevecida. 

Mas eu sabia no que aquele momento ia resultar. Eu juro que à segunda comecei a repreender, a impedir, a reprovar. Mas já era tarde demais. Agora tenho um autêntico aspersor humano em casa, tamanho portátil. Iuhuuu, que alegria!

Agora, não me resta outra alternativa senão fazer cara feia, tirar o brinquedo com que o distraio à mesa, dizer NÃO NÃO muito arreliada. E o Pedro ainda acrescenta "Mau Maria!" (Trouxe da escola, morri a rir da primeira vez que se saiu com esta). A lata. Ele ensina e depois põe-se com moralidades. 

E viva o nosso aspersor portátil humano. 

Inquérito de satisfação


Um pouquinho do vosso tempo, posso? Queria muito saber o que vocês que cá vêm ler este blog, mais gostam de cá ler.

Para eu saber um pouco mais sobre o que gostam de ler por aqui, peço-vos que respondam a esta pergunta, aqui:


Se quiserem dar sugestões mais elaboradas, ou dizer-me o que não gostam mesmo nada de ler por aqui, basta comentar, sou toda olhos para vos ler!

OBRIGADA!

quarta-feira, 11 de junho de 2014

{ Semana 23/52 }

Marcos importantes da semana passada dos meus filhotes



A semana em que chegou o cartão do cidadão do mais novo, o baby mais vintage beauty do mundo dos cartões do cidadão! Um orgulho nacional rsrsrs



A semana em que o mais velho começou uma "leitura" de peso, e chorou a valer porque a história não chegou ao fim à primeira! Vais virar muitas noites à custa de muitos livros, sossega...

A portrait of my children, once a week, every week, in 2014



Entretanto voltámos ao modo abóbora


Mas, enquanto durou, foi muito bom, foi mesmo o que estes pais estafados estavam a precisar para comemorar cinco anos de casamento e ganhar embalo para mais cinco e outros e múltiplos e por aí fora. Se houver escapadelas destas amiúde, faz-se bem...

E isto é um pouco do que o meu Instagram tem a dizer dos últimos dias...


Ninguém pode dizer que eu negue à partida uma ciência que não conheço. Neste caso, uma cozinha que não tenha provado. Já vou na terceira prova de cozinha japonesa e lá vou gostando cada vez mais, mas... não é a minha praia, eu sou uma menina bem mediterrânica. Wasabi é esticar a corda, pronto. E sashimi, é a fronteira. Mas sushi e pequenas doses, I'm game.

Relaxando num mega jacuzzi, que não liguei enquanto o telemóvel esteve por perto, mas garanto que fez muitas borbulhas.


Ainda tive tempo de correr os primeiros 10k dos últimos dois, anos, a preparar-me em força para a corrida de 6 de julho. A correr e a andar, a subir e a descer, mas consegui!

Mas no fim, ainda sabe melhor estar com os nossos pikenos...




sexta-feira, 6 de junho de 2014

Bodas de madeira ou ferro

Quando fizemos 10 anos de namoro o Miguel tinha acabado de nascer, lembrámos-nos uns bons dias depois do grande dia, escapou-nos por completo.

Mas felizmente os cinco anos de casamento não nos passaram ao lado!
Empurrámos com a barriga a marcação e hoje, o grande dia, ainda não tinhamos nada marcado. Típico... Mas afinal calhou bem, porque ir a sul (o plano inicial) não valeria nada a pena. Assim, fugimos na mesma, mas bem por perto. O que precisamos muito, mas mesmo muito, é de paz, sossego, muitas horas de sono e muito zen total. Vamos ter uma comemoração oriental com tudo o que temos direito, só espero não adormecer! Vai ser tão bom e estamos tão necessitados...



Madeira e ferro,  é assim mesmo, cinco anos!
E há cinco anos também choveram cães e gatos, todos os anos levamos uma renovadela de benção...

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Viagem ao passado em sapatinhos de bronze - e um giveaway, com a MASC

Um dos tesourinhos que mais gosto de ver em casa dos meus pais é o meu primeiro par de sapatinhos, guardado para sempre com um banho de bronze, numa das prateleiras da sala. Sempre tive um fascínio e carinho por estes sapatinhos, que na verdade nem sei se são meus, ou da minha irmã, porque há dois pares, um em casa dos meus pais e outro em casa da minha avó. E já ninguém sabe qual é qual e de quem. Certo é que perduram, eternamente congelados com o lacinho dado e os vincos dos primeiros passos. Há uns anos, de tanto lhes mexermos e do passar das décadas (amd...), até começaram a descascar, deixando ver o original por baixo, que eu acho uma graça enorme, porque revela ainda melhor o que eram. Mas se não fossem os processos de conservação pelos quais passaram, estes sapatinhos hoje estariam muito mais gastos, desbotados e esmorecidos, com um pouco de azar, já cá não estariam. Assim, permanecem sempre na nossa mão.





Tal como nós, imagino que imensas famílias devem ter em casa relíquias destas do tempo em que os bebés éramos nós. É uma recordação tão simples de manter e tão complexa de obter. E é mais uma técnica ou tradição que ficou perdida no tempo e hoje simplesmente não se vê.

Não se via! Porque agora, como vemos nos últimos tempos acontecer com outras peças, tradições, produtos e ideias, também a autêntica arte de preservar os sapatinhos está de volta e mais gira que nunca.


A MASC, pelas mãos e técnica apurada da Ana Guerin, dedica-se a preservar memórias dos nossos filhos através de banhos de cobre e bronze em sapatinhos de bebé e mais recentemente, em chupetas! Amei a ideia da chupeta, como adoro a ideia dos sapatinhos de bronze. Diz a Ana que cada processo de preservação leva entre 3 a 4 semanas a concluir, em vários banhos  e outras passos, mas o resultado vale tanto a pena, vejam os detalhes que ficam preservados de forma perfeita, em bronze ou cobre:




São tão riquinhos! Uma recordação linda, sem dúvida.

Uma recordação linda que vamos oferecer a uma leitora cheia de sorte!

Para habilitar-se a ganhar o banho em bronze ou cobre de UM sapatinho, no valor de €85,00, basta seguir os seguintes passos:

- Gostar da página Facebook da MASC e d'As Maravilhas da Maternidade;

- Partilhar de forma pública este post;
- Deixar um comentário neste post com nome, contacto e link da partilha no Facebook.

Cada pessoa pode participar 3 vezes, até dia 12 de Junho, às 23:00 horas. Sorteio via random.org a partir dos comentários


Muito boa sorte a tod@s!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...