INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

B-A-BA das festas



Tenho mesmo de começar a pensar na festa de anos do Pedro e na sua organização de FACTO. Não basta imaginar, temos de concretizar!
Mais uma vez socorri-me da querida Martha Stewart e estou a adaptar ao meu caso as suas dicas super preciosas, podem ver aqui.

Porque acho que é super útil e achei as dicas mesmo muito completas, fiz uma tradução e adaptação livres para o português,  com alguns complementos e opiniões minhas, pode ser que ajude alguém a planear a sua festa também! Espero que gostem, aqui fica:

A Lista de Convidados

A quem convidar

Assegure-se de que o melhor amigo do seu filho está livre para comparecer no dia em que planeia a festa. Se convidar mais do que cinco amiguinhos, sobretudo se forem colegas de turma, deve ponderar seriamente convidar a turma inteira, ou pelo menos todos os meninos, ou todas as meninas, para que não haja ressentimentos e mágoas. Não há nada mais cruel do que uma criança sentir-se excluída de uma festa para a qual foram convidados imensos colegas, menos ela.

Quantas crianças convidar

Se não está a convidar colegas de turma, um boa dica é convidar tantos amigos quanto a idade que o seu filho vai fazer, mais um. Mas tenha em consideração as actividades e brincadeiras que está a planear. Um maior número de crianças, em número par - pelo menos 8 ou 10 - pode ser o ideal para jogos em grupo numa festa para os 5 anos, mas para uma festa de miúdos mais velhos em que haja dormida (o MÀXIMO), o melhor é tentar não passar dos três

Convites

Envie os convites três semanas antes da data da festa (estou atrasada, pânico!). Se não convidar a turma toda EVITE AO MÁXIMO entregar os convites na escola, em frente a outros meninos que não estejam a ser convidados. 
A crueldade na escola muitas vezes começa pelas atitudes dos pais.  

1. Inclua a data, local, (com direções), horas de início e fim da festa, e informações para R.S.V. P
2. Indique alguma coisa e particular que convém levar, como um fato de banho, toalha ou chapéu.
3. Indique se vai servir almoço, jantar, ou lanche.
4. Mencione alguma saída especial, como ida ao cinema ou museu.
5. Telefone aos pais de convidados que não responderam ao convite na semana anterior à festa, pois pode ter acontecido a perda ou extravio do convite.

Encontrar ajudas

É impossível receber convidados enquanto se está a servir bebidas ou organizar um jogo, por isso, pense em pedir ajuda a uma pessoa por cada quatro ou seis miúdos convidados. Peça a alguém da família, ou a algum dos pais dos convidados com quem tenha maior proximidade e esteja disponível. Ou então contrate alguém ou pague um dinheirinho extra ao mano ou primo mais velho! 

Onde fazer a festa

Em casa

Numa festa em casa, o seu filho estará à vontade e você vai saber onde esta tudo o que precisa. Para impedir que os convidados se ponham com expedições pela casa, marque bastante bem o perímetro da festa, com balões, por exemplo, e tranque à chave os quartos que quer manter a salvo!

Fora de Casa

Parques e jardins são ideais para festas no exterior; mas certifique-se que tem um plano B para o caso de estar mau tempo.
1. Tente marcar o perímetro da festa com balões, grinaldas e fitas, que simultaneamente decorem a festa.
2. Espalhe tapetes ou colchas coloridas pelo chão.
3. Cobrir com um tecido com um padrão giro e colorido uma cerca ou um murete cria um fundo engraçado para fotos da festa.

Espaços comunitários ou privados

Os preços são muito variáveis e há que ter um orçamente pré definido e tentar não fugir a ele. Marque com pelo menos seis semanas de antecedência e certifique-se de que tem um contacto CONTACTÁVEL do proprietário... 
1. É possível que não disponha de muito tempo para decorar um local arrendado, por isso use decorações pré-montadas e portáteis e peça a alguém que a ajude com a montagem. 
2. Leve os balões já cheios e atados todos juntos antes que chegue ao local, para poupar tempo.
3. Pendure as decorações tendo o cuidado de não danificar o local.
4. Se o local for demasiado grande para o número de convidados, tente delimitar o local com as decorações, como balões cheios que se prendam em grupo ao chão ou fitas e bandeirolas. 

Tempos 

Altura do dia

No caso de crianças mais pequenas, marque a festa para a altura em que habitualmnete estão no seu melhor, para evitar que estejam demasiado ensonadas ou cansadas, nem com fome. Depois da hora da sesta é o que resulta melhor para os toddlers, a hora do lanche ou do almoço resulta bem para os mais velhos. À medida que vão crescendo, a hora da festa torna-se menos importante...

Duração

Não se sinta na obrigação de receber e entreter miúdos durante horas a fio. Toddlers e pré-escolares dão-se lindamente com festas que durem no máximo duas horas. Duas a três horas é tempo suficiente para miúdos em idade escolar. Já reparou que muitas vezes as festas arrastam-se porque os pais também aproveitam a festa pata comemorar e conversar com os seus próprios convidados ou a família?

Lembranças

Brinquedinhos pequeninos e guloseimas são lembranças populares e baratas. Mas se preferir algo diferente ou mais saudável, pode oferecer um objecto apenas, mas melhorzinho, como um livrinho de colorir ou uma lanterna para os mais velhos.
1. Tente que as lembranças tenham alguma coisa a ver com o tema da festa, caso haja tema.
2. Faça da lembrança uma actividade - por exemplo, criar um quadro ou um desenho numa t-shirt com tintas próprias e ser essa a lembrança. 
3. Decore a fesa com itens que depois possam ser levados pelos convidados como lembrança, tal como posters de figuras animadas, balões...
4. Se contratar alguém para os distrair, como um mago, um maquilhador ou um palhaçõ que faça daquelas figuras com balões, seja essa a lembrança - pinturas na cara, balões com formas e truques.

O que fazer - Actividades

Tentar manter um ritmo animado da festa com pequenas actividades e brincadeiras pode ser uma boa alternativa para manter os miúdos motivados e atentos, mas habitualmente os miúdos não precisam de grandes distrações. importante sim é, caso haja jogos e actividades ou etretenimento definido, que efectivamente se faça dentro de um tempo razoável e quando a festa ainda não vai muito adiantada. 
Se alguma brincadeira ou actividade não parecer estar a resultar, não insista e acabe com ela e passe a outra actividade, sem pressões.Se algo parece estar a resultar muito bem, alongue a brincadeira, mas acabe com ela assim que lhe parecer esatr a esmorecer, para não prolongar à exaustão.
1. À media que os convidados vão chegando, podem ser entretidos com pinturas até que cheguem os restantes convidados.
2. Para os mais pequeninos, mantenha as actividades o mais simples possível. Dançar uma música, cantar algumas canções é sempre uma alegria.
3. Miúdos mais velhos precisam de mais estimulação: planeie jogos mais físicos, ou actividades que saiba que o seu filho aprecia particularmente.Noutro post haverá ideias de jogos muito giros.

Contratar entretenimento

Tente encontrar boas referências com outros pais. Quando contactar um potencial entertainer, pergunte qual é o seu público alvo e a quem ele se dirige mais antes de mencionar a idade do seu filho. Enquanto ilusionistas e palhaços são um clássico para festas de miúdos (apesar de eu DETESTAR o circo e as suas figuras - mas isso sou eu!) há ainda outras opções muito giras:
1. Artistas que criam formas em balões - o que também trata das lembranças.
2. Animais - póneis, animais da quinta...
3. cabeleireiras ou manicures (talvez uma escola de beleza possa encontrar alguém a quem contratar...)
4. Coreógrafos ou professores de dança
5. Face painters
6. Contadores de estórias profissionais
7. DJ's

Presentes - No momento ou mais tarde?

Há tantos motivos para abrir os presentes drante a festa, como após a festa terminar.
Alguns miúdos adoram ver o presente que ofereceram ser aberto, principalmente se oajudaram a escolher. Para tornar a abertura dos presentes numa actividade, pode numerar os presentes e sortear os números, fazendo de cada abertura uma festa! Com o entusiasmo os miúdos podem esquecer a boa educação, por isso lembre-o sempre de agradecer! Para crianças mais novas, pode ser menos caótico guardar os presentes para serem abertos mais tarde.Nesse caso, uma boa ideia é fotografar o seu filho com o presente e enviar ao convidado com uma nota de agradecimento. Mas certifique-se de que não trocou os presentes!!

Como dizer adeus

Assegure-se de que o aniversariante se despede individual e pessoalmente de cada convidado, agradecendo a sua presença na festa e entregando a lembrança, caso ainda não o tenha sido.

Em outro post vou tentar falar especificamente da comida e de jogos e actividades giras!

Cábulas para as festas:

De 1 a 2 anos

Altura do dia: Depois da sesta
Duração: 1 Hora (virtualmente impossível, eu sei!)
Número de convidados: varia

De 3 a 4 anos

Altura do dia: Hora do almoço ou ao fim da tarde. Depois da sesta
Duração: 1 Hora a duas e tal...
Número de convidados: quatro a cinco crianças.

De 5 a 6 anos

Altura do dia: Início a meio da tarde
Duração: até três horas.
Número de convidados: 6 a 7

De 7 a 8 anos

Altura do dia: Início a meio da tarde
Duração: até três horas.
Número de convidados: 8 a 9 crianças

De 9 a 10 anos

Altura do dia: Meio a fim da tarde
Duração: até quatro horas.
Número de convidados: 10 a 11 crianças.

13 comentários:

Flor Guerreira disse...

Eu fiz uma festinha quando a minha filha fez seis anos. Acho os conselhos fantásticos, mas para isso é preciso ter bastante dinehiro disponível!

Adoro-te Mamy... disse...

Minha linda como te compreendo... organizei a festinha do 3º aniversário da F. no passado sabado, adorei a azafama de encontrar cada pormenor para que tudo estivesse como desejava, decoração, ementas, lembranças! Esteve um dia radiante em todos os sentidos, e a filhota super feliz...
Boas preparações!
Beijinho grande!

Bi disse...

No sábado foi a festa do 1º aniversário da Carlota! O local onde queria muito fazer não dava porque não conseguia por lá toda a gente (cerca de 40 pessoas)... Tive que ir ao plano B, que me deu mais trabalho... mas para festa de 1º aniversário, acho que ficou óptimo (tenho umas fotos no blog). A decoração tratei sózinha, as comidas, tirando o bolo de aniversário e os cupcakes, também! ;)) Em 2 semanas tratei de tudo!
Um beijinho

Simplesmente Ana disse...

Também ando em preparativos para o 3º aniversário da minha menina. Em casa. Com mais de 30 pessoas, contanto com as irrequietas crianças. O que vale é que já estou habituada, que a família é grande. Mas a ideia de ter alguém para os entreter era excelente. Vou pesquisar ;) Obrigada.

Carla R. disse...

Sabado fizémos uma festa para o meu filho mais novo (4 anos) e pela primeira vez vieram os amigos da escola que ele bem entendeu, eram 7 no total, fizémos tudo como fazemos com a irmã (quase 6) e a festa foi completamente diferente. Ler caotica. Claro que é bom ouvirmos e lermos dicas, mas é essencial adaptarmos a festa ao tipo de convidados. Se os amigos da minha filha faziam todas as acividades que lhes sugeriamos, estes "monstros" não nos ligavam nenhuma, uma actividade que devia durar 5 minutos, demorava 1. A festa parecia que nunca mais acabava.
Outro ponto que verifiquei nestas andanças é que temos um gozo especial em preparar tudo, desde o bolo, que foi desenhado pelo pai até o aniversariante dar o ok, à pinhata, aos convites, à decoração dos jogos inventados de proposito. Muito mais giro do que comprar tudo feito.Mais original. Mais marcante. Mais barato.

Sara disse...

Para o primeiro aniversário da Bárbara fiz uma festinha muito familiar, mas espero um dia poder ter a casa cheia de amiguinhos e estas dicas são preciosas. Acho que a preparação é quase tudo, como diz a Martha no link que enviaste, as festas de anos são como as viagens, metade do divertimento é chegar ao destino/dia. E é mesmo!

Maria de Lurdes disse...

Flor Guerreira,
algumas situaçoes requerem dinheiro, mas outras são bem baratas ou até não custam nada... temos de jogar com as cartas que temos, eu não pretendo gastar muito dinheiro, vou faer os possíveis para que seja uma festa muito gira, mas muito lúcida, sem desvarios :)

Meninas, gostava que a festa do Pedro corra tão bem como as vossas correram!

Carla R. pois, esse é um medo que eu tenho bem presente, ainda não para este ano, mas não vai tardar nada. Festa de menino cheia de terroristas! medo

Obrigada Sara, também gostei muito por isso valeu a pena adaptar, acho que vão ser muito úteis para mim e podem vir a ser muito úteis para vocês também!
Penso que há tempo para todo o tipo de festas, eles crescem tanto que de uma ano para o seguinte muda tudo!

Beijinhos a todas!

MarianaS disse...

Pois para mim a preparação de festas é A fonte de stress... Não tenho vocação nem jeito... Apesar de ser um gosto ver a alegria da pimpolha, não consigo que isso suplante as preocupações com a comida, a confusão, etc. Quando tudo chega ao fim é um alívio!

S* disse...

Super útil, tens um jeitaço!

Princesa disse...

Para a primeira festa de aniversário da Francisca fiz uma festa pequenina, só com família porque me fazia mais sentido assim. Mas para o ano talvez faça uma coisa maior, já com algum amiguinho, daí ter achado as dicas interessantes. Agora honestamente, sleep over só quando já arrumarem as coisas sozinhos :)

Beijinho

Mum's the boss disse...

cá em casa dizemos que depois dos 10 anos, fazemos a famosa Boum (expressao do filme La boum da Sophie Marceau). Os putos ficam e nós vamos jantar fora... ahahah! Vamos ver! Bons preparativos e boa festa!
beijinhos

**SOFIA** disse...

Não posso deixar de dizer q fiquei super triste pelas crianças excluídas, tadinhas. É realmente algo q pode acontecer e q magoa muito :(

Maria de Lurdes disse...

Esse cuidado a ter com quem não é convidado é fundamental, a obrigação de qualquer mãe/pai cuidadosa.

Se não gostava que isso acontecesse ao seu filho, não o faça aos filhos dos outros...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...