INQUÉRITO!!!

Um pouquinho do seu tempo, posso?

Responda a esta pergunta sobre o que gosta de ler neste blog, aqui:


OBRIGADA!!

domingo, 31 de julho de 2011

Meu dito, meu feito

Pois que o dia amanheceu cheio de nuvens e frescote, tal como se previa. Chego à praia para uma power walk com o Pedro e ponho-me a andar.
Passado pouco tempo, o previsível acontece, as nuvens levantam e o Sol aparece, a estalar, quente, brilhante... Tantas, tantas vezes é assim, quando posso, está desagradável, em dia que não posso, aparece o Sol e põe-se um lindo dia de praia!
Enfim, a caminhada foi boa e mais dias de Verão virão.
*FIGAS*
Para quem pode, desejo um Domingo de praia maravilhoso, com muito sol, mergulhos e bronze! Na minha praia, ou noutra qualquer deste imenso Portugal!


A minha praia? Está bem de se ver, palavras para quê?

sábado, 30 de julho de 2011

As voltas

No primeiro fim-de-semana de total liberdade, a minha praia trocou-me as voltas e pregou-nos uma partida.
Ontem, fomos apenas esplanadar para a praia e tivemos direito a um fim de tarde glorioso, sem ponta de vento e um solinho bom, resumo de um dia raro de praia perfeita.




Fique convencida e desejosa de um Sábado igual, adormeci a fazer figas.
Ledo engano! O dia amanheceu encoberto e a tarde fez-se em brisa fresquinha fresquinha... É sempre assim, tenho cá um azar! Que fazer?


Jogging pelo calçadão de manhã, que bem preciso de começar os treinos, e passeio no calçadão à tarde.


Dizem que amanhã estará um dia frio e desagradável. De qualquer forma, da minha praia, amanhã, na melhor das hipóteses terei direito a uma caminhada rápida no calçadão... Agora, se estiver um dia quente de estalar até me dá uma coisinha má, juro! É que esta minha sorte...

Relações Públicas


O Pedro tem-nos dado um óptimo primeiro Verão, é um autêntico PR, só quer saber de convívio e festarola!
Ainda não estranha ninguém, abre um sorriso rasgado a quem conhece e rapidamente se afeiçoa a quem (ainda) não conhece. Está sempre bem disposto, mesmo quando salta uma sesta, está cansado e puxam por ele, não se desmancha, aguenta-se firme e hirto até o fim, o que dá muuuito jeito quando vamos em passeio...
Adora ver-se ao espelho, começa logo às gargalhadas e a querer agarrar; adora ver fotografias, começa logo às gargalhadas e a querer agarrar.
Adora passear, apanhar uma arzinho fresco e ver como anda a vida lá fora.
Enfim, este rapaz só quer rock, é uma alegria. Continua assim, queremos boa disposição neste Verão!

sexta-feira, 29 de julho de 2011

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Tom de Verão


Sol, calor, praia, laranja, bronze, sal, areia, brilho, água.
Amanhã.
Hoje é mais matrícula do Pedro no infantário.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Mas devia, puto!


Pois é, se eu não me ponho a pau, o meu puto ainda acaba como o Hélio Imaginário...

Não resisti, mas juro que acabou-se o photoshop por hoje. Juro!


Disclaimer: nenhum puto foi posto em perigo para fazer esta produção, nós deixamos esses riscos apenas para os profissionais do tralho real como o Hélio. Fat props.

Oh Hélio, não é só a ti!

Toc toc toc toc toc...


Agora por cá é assim, só se ouve toc toc toc toc toc pela casa fora e eis que, de repente, surge o Pedro de mais uma piscina quarto-escritório. Depois começa às gargalhadas, muito contente por avistar a mamã e mais umas coisas para se empoleirar. Depois empoleira-se nas coisas durante um bocado, até que vira costas e torna a fazer mais uma piscina toc toc toc toc toc. Quando pára o toc toc toc toc está na hora de ir atrás, ver onde anda empoleirado o Pedro desta vez e garantir que a investida não acaba em vale de lágrimas. Tudo bem, posso retornar ao trabalho. Passado pouco tempo, voltamos ao mesmo toc toc toc toc, volta o Pedro. E ele seria capaz de andar nisto eternamente, não fosse o soninho retemperador que chega com o esfregar de olhos.
Até lá, toc toc toc toc toc.

Atonement



A banda sonora, o bater das teclas, a luz e o fim inesperado. Grande filme.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Arm Party






É a festa no braço: pulseiras de todos os géneros, raças, credos, a conviver em alegria e paz, braço acima, Verão fora. Pulseiras, pulseiras, pulseiras.

Já agora, tenho reparado numas pulseiras tipo fita à senhora do bonfim, mas versão oração ilustrada. Que história é essa que ainda não chegou ao meu pulso?

Love Love Love Ranunculus









Um nome tão feio para uma flor tão bonita. Farta, forte e fofa. Adoro.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...